Etiquetas no estoque: saiba como funcionam e como utilizá-las

12 minutos para ler

A manutenção de um estoque bem estruturado é fundamental para otimizar os processos e tornar o trabalho da equipe mais eficaz. Além de ser uma forma de diminuir o tempo de busca e reposição de mercadorias, o processo também ajuda a reduzir o risco de atrasos no envio de produtos para os clientes.

Nesse sentido, a emissão de etiquetas é uma etapa essencial para garantir a organização dos produtos que são guardados no estoque. Essas ferramentas facilitam toda a coordenação do setor de armazenamento e depósito de mercadorias, tornando o registro de entrada e saída de produtos mais fácil e reduzindo as chances de confusões na gestão de mercadorias.

Quer descobrir como organizar o depósito da sua empresa? Neste post, vamos explicar tudo o que você precisa saber sobre as etiquetas para estoque. Então, acompanhe a leitura!

Como funcionam as etiquetas para estoque?

As etiquetas servem para controlar as mercadorias que entram e saem do estoque da empresa, além de ser uma forma de identificar mais rapidamente os produtos. Com isso, fica mais fácil e simples gerenciar o estoque com eficácia e rapidez.

O controle de estoque por meio de etiquetas com código de barras vem ganhando destaque nos últimos tempos, pois também auxiliam a gestão empresarial de um negócio. É por isso que esses itens de identificação devem conter informações verídicas e completas sobre os itens, como suas especificações técnicas, modelo, tamanho, forma adequada de armazenamento, data de validade, cuidados específicos, etc.

Para isso, é necessário etiquetar os produtos e cadastrar as informações no sistema, contribuindo assim para uma melhor gestão de todo o estoque e viabilizando atualizações automáticas no sistema.

Mas não é só isso. Você sabia que elas também ajudam a empresa a conhecer mais sobre o comportamento de compra dos consumidores? De fato, as etiquetas são muito úteis aos gestores para saberem quais foram os produtos mais vendidos durante um determinado período. Por sua vez, também fica mais claro conhecer as mercadorias que apresentaram pouca demanda e que, portanto, correm o risco de encalhar no estoque.

Como utilizar as etiquetas no estoque?

Assim que a carga de um determinado produto chega a um estabelecido, suas informações são cadastradas no sistema. A mercadoria então recebe uma etiqueta e passará a ser armazenada no estoque.

Esse procedimento proporciona maior agilidade aos processos de recebimento e estoque de mercadorias, uma vez que a equipe de vendas consegue consultar a disponibilidade de um produto rapidamente, sem ser necessário ir até o depósito e perder um tempo excessivo fazendo buscas.

Também é uma maneira de trazer maior competividade à empresa e viabilizar as condições do negócio, uma vez que ele permanecerá atuando no mercado e ganhará uma vantagem competitiva.

Além disso, esse sistema de etiquetamento propicia uma imagem positiva à empresa, fazendo com que ela ganhe um verdadeiro referencial no setor onde atua. Afinal, é uma maneira de trazer mais agilidade ao atendimento dos clientes, o que reflete na imagem que o consumidor terá de sua empresa.

Um sistema de etiquetas para controle de estoque é possível por meio do investimento em um software ERP de qualidade. Essa ferramenta automatizada é programada para diversas funções envolvendo o gerenciamento de etiquetas, como a sua configuração e emissão.

O sistema também possibilita a escolha de padrões de etiquetas a partir de modelos disponíveis. Também é possível fazer a personalização dos tamanhos, cores, tamanho da letra, largura das colunas e margens, valor unitário e demais informações a serem preenchidas, conforme a natureza da mercadoria a ser cadastrada.

Quais as vantagens de usar etiquetas para estoque?

Confira, a seguir, as maiores vantagens de implementar o uso das etiquetas para estoque na sua empresa.

Facilita o controle de estoque

A etiquetagem dos produtos é uma ótima estratégia para monitorar esses itens no âmbito interno do estabelecimento. Sendo assim, cada mercadoria receberá uma etiqueta de identificação contendo informações importantes sobre as suas características, como data de entrada no estoque e prazo de validade, por exemplo. Alguns sistemas ainda contam com uma funcionalidade de localização, o que permite saber, com mais facilidade, onde o produto se encontra.

Possui emissão simples

Após cadastrar as características do produto no sistema, você já poderá emitir o código de barras da etiqueta contendo a descrição do item, que será anexado à mercadoria. Esse procedimento propicia uma emissão simples da etiqueta e simplifica o cadastro do produto.

Ajuda a vender mais

As operações de etiquetamento e emissão de etiquetas otimizam o trabalho da equipe de vendas e fazem com que os clientes tenham conhecimento em tempo real sobre a disponibilidade de um produto no estoque.

Esse cuidado reduz o risco de o consumidor adquirir um produto e posteriormente ser comunicado de que aquele item não se encontra mais disponível. Esse fato pode colocar em risco a reputação da empresa e reduzir as chances de que o cliente volte a fazer negócios com você.

Reduz a quantidade de erros

O uso de etiquetas para o manejo e o controle de estoque é uma estratégia para diminuir os erros de entrega e o desencontro de informações. Afinal, as etiquetas têm a função de trazer várias informações sobre as mercadorias, o que facilita a sua identificação e permite o acompanhamento de sua localização dentro do depósito.

Sendo assim, as etiquetas guiam a equipe no momento da entrega da mercadoria, de forma que o pedido não seja entregue para o cliente errado, por exemplo. Situações como essa podem prejudicar a imagem e a credibilidade da empresa.

Proporciona mais agilidade aos processos

A etiquetagem proporciona mais agilidade no momento de buscar e encontrar a mercadoria dentro do estoque. Afinal, basta consultar as informações no sistema para ter acesso à etiqueta contendo a localização do item no depósito. Essa característica é muito importante para grandes lojas de varejo que trabalham em um ritmo acelerado e necessitam de ferramentas para tornar o procedimento mais célere e eficiente.

Qual é a importância do código de barras em etiquetas?

O controle de estoque por meio do código de barras proporciona uma série de benefícios para o gerenciamento da empresa, como a atualização automática do nível do estoque, emissão de notas fiscais, transferência de produtos, movimentação de mercadorias no estoque, liberação de pedidos, etc.

Basta posicionar o código de barras no leitor para que o sistema identifique a sequência e localize a mercadoria associada a esse código. A partir daí, o sistema dá “baixa” no item e a venda é concluída rapidamente.

Essa automatização dispensa grande parte do trabalho da equipe. Isso significa que os funcionários não terão que categorizar os produtos de maneira manual, o que leva muito mais tempo. Além disso, a quantidade de colaboradores para desempenhar essa tarefa se torna menor e, inclusive, diminui os riscos de erros.

Nesse sentido, o investimento em um sistema com código de barras proporciona melhorias significativas para vários setores da empresa, desde o estoque e a produção até a área logística, financeira, comercial e de vendas. É por isso que essa tecnologia oferece uma grande vantagem competitiva aos negócios.

Quais são as vantagens do código de barras em etiquetas?

O uso de código de barras nas etiquetas facilita a identificação do lote das mercadorias e é uma maneira de trazer mais rapidez aos processos. Conheça, a seguir, os motivos que demonstram a importância de implementar a tecnologia do código de barras no processo de etiquetagem.

Garante um levantamento mais eficiente

O código de barras ajuda na tarefa de levantamento das mercadorias, o que inclui a fase de identificação, localização e rastreamento dos produtos, desde o momento em que eles entram no armazém até a sua retirada para ser entregue aos clientes.

Desse modo, fica mais fácil identificar quais produtos estão com o estoque baixo (ou seja, que estão em menor quantidade) e que precisam ser adquiridos. Por outro lado, o gestor também tem uma noção exata sobre o número de itens que ainda continuam armazenados (que são pouco vendidos e correm o risco de encalhar).

Ajuda a identificar a mercadoria com mais agilidade

O código de barras contém informações seguras e traz mais eficiência para a identificação da mercadoria, o que pode ser feito em questão de poucos segundos. Cada informação cadastrada na etiqueta passa a ser reconhecida pelo coletor de dados e é enviada no sistema de etiquetagem, de modo a garantir um sistema de gestão mais eficiente.

Isso é possível somente graças à funcionalidade do código de barras, que atua identificando e individualizando o produto como uma espécie de impressão digital. Cada sequência única tem o poder de especificar uma mercadoria com exatidão, característica que traz segurança aos procedimentos logísticos.

Evita a perda de vendas

Imagine que um cliente deseja comprar um produto, mas os funcionários descobrem que o item se esgotou e não está mais disponível em estoque. Caso a sua empresa não monitore adequadamente a quantidade de produtos em estoque, isso pode realmente acontecer, o que vai significar a perda da venda e um consequente prejuízo financeiro.

Aumenta a produtividade da equipe

O sistema de código de barras agiliza o trabalho dos colaboradores que trabalham no departamento logístico, de vendas e atendimento ao cliente. Isso porque o funcionário consegue ter acesso às informações referentes aos produtos mais rapidamente e o atendimento ao consumidor também fica mais eficiente, ganhando em qualidade. Dessa forma, de um modo geral, todo o trabalho da equipe é facilitado.

Reduz o risco de perda de clientes

O sistema de código de barras monitora com precisão a quantidade de produtos que estão à disposição para serem vendidos. Sendo assim, quando o item estiver se esgotando, o sistema emite um alerta notificando o gestor sobre o fato, o que faz com que os setores financeiro e de vendas negociem com os parceiros para adquirir novas mercadorias.

Como já abordamos, não são raros os casos em que o cliente se interessa por um produto, mas ao tentar concluir a compra, ele se depara com o aviso de que o produto se encontra indisponível no estoque. Certamente, ele se sentirá frustrado e vai consultar o catálogo de produtos da empresa concorrente.

Como se isso não fosse o bastante, a inexistência de um sistema eficaz de estoque pode não identificar a ausência do produto, o que pode fazer com que o cliente faça o pedido, conclua o pagamento da mercadoria e somente depois seja notificado de que o item não se encontra disponível no momento. É uma situação desagradável que certamente mancha a imagem e a reputação da empresa perante todos os públicos do mercado (clientes, fornecedores e demais parceiros).

Como integrar as etiquetas à gestão empresarial?

A implementação de um software ERP com a função de código de barras é a melhor forma de organizar as etiquetas de mercadorias que serão armazenadas no estoque. Essa tecnologia consegue suprir as necessidades de uma empresa e auxilia no cadastro e monitoramento dos produtos dentro do depósito.

É importante lembrar que o sistema de etiquetagem é essencial para empresas que atuam no varejo, em decorrência do grande volume de produtos que é movimentado diariamente no estoque. Sendo assim, a própria indústria acaba se beneficiando das funções de um software ERP destinado à etiquetagem de produtos.

Essa vantagem é ainda mais perceptível no caso de lojas físicas que dispensam a necessidade de digitar o código do produto no caixa para que o sistema identifique e compute a compra. No que se refere aos e-commerces, as etiquetas garantem até mesmo que o pedido seja rastreado até chegar ao destino final.

O investimento em um sistema de gestão de código de barras em etiquetas é a melhor estratégia para controlar a movimentação das mercadorias dentro do estoque e otimizar as operações logísticas. Essa tecnologia garante o aumento do desempenho da empresa, viabiliza mais vendas e melhora a reputação da marca perante o mercado.

A NotaOn oferece o serviço de personalizar as etiquetas dos produtos para facilitar o controle do estoque com o uso de código de barras. O sistema foi desenvolvido pela Consisanet e tem a função de emitir a nota fiscal e a gestão financeira. A ferramenta é destinada para micro e pequenas empresas que se enquadram no regime do Simples Nacional e também ao produtor rural.

Quer investir em um sistema moderno para organizar as operações de controle de mercadorias no estoque da sua empresa? Entre em contato com a gente e conheça a nossa solução!

Posts relacionados

Deixe um comentário