7 práticas para uma gestão de vendas mais eficiente na empresa

6 minutos para ler

A gestão de vendas refere-se a um conjunto de ações que visa gerenciar o processo de comercialização de um produto ou serviço. Essa gestão engloba a precificação adequada, a divulgação da marca, os canais de distribuição, o acompanhamento do fluxo de vendas etc. Além disso, por meio dela, é possível identificar gargalos e propor soluções eficientes para melhorar o volume de vendas e, inclusive, a satisfação do cliente final.

O problema é que muitos gestores não dão a atenção necessária para essa gestão e, com isso, acabam perdendo oportunidades de melhorar o seu faturamento e, ainda, mantêm seus vendedores desmotivados.

Pensando em ajudar você a superar esse problema, listamos 7 dicas indispensáveis para quem deseja fazer uma gestão de vendas eficiente em sua empresa. Continue a leitura e confira!

1. Determine os objetivos principais

O primeiro passo para fazer uma gestão de vendas eficiente é entender quais são os objetivos da empresa. Feito isso, as metas mensais poderão ser definidas com mais facilidade, de maneira que não torne o processo estressante para os vendedores. Ou seja, ao estabelecer quais serão elas, é preciso levar em consideração a realidade do seu negócio para criar metas reais e alcançáveis.

Com os objetivos traçados, sua equipe saberá identificar as estratégias mais adequadas para colocar em prática e, assim, otimizar as vendas para melhorar seus resultados. Sem a definição dos objetivos, você e sua equipe “andarão em círculos”, sem saber onde estão errando. 

2. Defina os melhores KPIs

KPIs são os indicadores de performance, ou seja, essas ferramentas visam medir o desempenho das suas ações em vendas, a fim de identificar se elas estão entregando os resultados esperados. Existem diversos tipos de KPIs que você pode usar, tais como:

  • taxa de conversão de leads em clientes: aponta quantos consumidores se tornaram clientes reais do seu negócio;
  • duração do ciclo de vendas: mostra a média de tempo que a sua empresa leva para fechar negócio desde o primeiro contato com o cliente;
  • ticket médio: indica a média de quanto os clientes gastam com a aquisição dos seus produtos ou serviços. Esse cálculo pode ser feito de maneira individual também.

3. Acompanhe os relatórios

Identificar gargalos e criar oportunidades de vendas é essencial para melhorar o faturamento do seu negócio. Para isso, você precisa ter em mãos dados relevantes a respeito do processo. Para esse momento, o acompanhamento de relatórios se faz indispensável para auxiliar na sua tomada de decisão.

Esses relatórios precisam trazer informações importantes sobre o desempenho dos seus vendedores e volume de vendas. Dessa maneira, é possível identificar as principais dificuldades e, com isso, oferecer feedbacks e soluções interessantes para os problemas.

4. Planeje as etapas

Fazer o planejamento de todas as etapas das vendas é essencial para ter resultados melhores. Comece pela atração de clientes, use estratégias de marketing digital e até mesmo o tradicional para atrair mais pessoas para a sua empresa.

No momento da negociação, sua equipe precisa estar preparada para passar confiança ao cliente, mostrando os benefícios do produto e o que ele tem a ganhar ao adquiri-lo. Aqui, é importante permitir que o cliente experimente a mercadoria para que ele se imagine com ela no seu dia a dia.

Não pense que a venda acabou depois que o cliente vai embora com o produto em mãos. Trabalhar o pós-venda é outra etapa muito importante. Esse é o momento ideal de garantir a satisfação do consumidor e fidelizá-lo.

5. Padronize os processos

Quando falamos em padronizar o processo de vendas, não estamos nos referindo a fazer com que todos os vendedores falem as mesmas coisas para os clientes. É claro que eles precisam seguir um roteiro para saber como agir em diferentes situações, mas é importante tornar esse atendimento o mais humanizado possível, sempre levando em consideração as dores e necessidades do potencial cliente.

A padronização de processos tem como objetivo evitar abordagens equivocadas ou que gerem algum tipo de desconforto ao cliente. Saber como se portar em uma negociação e o que falar para tornar o produto mais atrativo ao consumidor é fundamental para melhorar os resultados das suas vendas.

6. Treine a equipe de vendas

Treinar a equipe de vendedores é algo indispensável. Somente com os conhecimentos em negociação e vendas ela conseguirá atingir suas metas com eficácia. Além disso, a capacitação ajudará a melhorar seu atendimento e, principalmente, conhecer a fundo os produtos ou serviços oferecidos pela sua empresa. 

Isso é fundamental para quebrar as principais objeções dos clientes e deixá-los mais confortáveis e seguros para fechar negócio. O treinamento também mostrará ao colaborador quais são os pontos fortes e fracos do produto para ele se preparar quando for questionado sobre o assunto.

O treinamento pode ser ministrado em forma de palestras, workshops, conferências etc. Inclusive, existem treinamentos online que ajudam a reduzir custos para a empresa e são tão eficientes quanto os presenciais.

7. Conte com o auxílio da tecnologia

A tecnologia precisa ser a sua aliada na gestão de vendas. Por meio dela, você consegue ter acesso rápido a todas as informações que precisa antes de tomar qualquer decisão. Além disso, as ferramentas disponíveis reúnem dados importantes dos clientes para que os vendedores possam entrar em contato com eles com facilidade.

Se você fizer uso de um software, por exemplo, conseguirá ter um melhor controle das suas vendas diariamente. Inclusive, poderá acompanhar de perto as metas da empresa e analisar se elas estão sendo alcançadas. Caso negativo, poderá colocar em prática estratégias mais eficientes que ajudam a melhorar os resultados, tomando decisões com base em dados.

O software da NotaOn permite que você melhore o controle do seu estoque, evitando o desperdício e otimizando a aquisição de novas mercadorias. As finanças do seu negócio também são beneficiadas, uma vez que esse sistema permite o acompanhamento em tempo real das receitas e despesas em um dashboard específico na sua tela inicial.

Dessa forma, fica mais fácil de realizar um controle eficiente de depósitos, cheques, devoluções, históricos, transações e emissão de boletos de cobrança.

Por falar em tecnologia, não podemos deixar de mencionar a importância de um emissor de notas fiscais para otimizar a sua gestão de vendas. Por meio dele, você consegue monitorar seu fluxo de caixa, controlar as suas vendas, gerar NF sem complicações, realizar orçamentos, entre outras funcionalidades.

Quer otimizar a rotina da sua equipe de vendas com nosso sistema? Faça um teste gratuito agora mesmo e saiba como o NotaOn pode ajudar a melhorar o faturamento a sua empresa!

Posts relacionados

Deixe um comentário