Quer atrair clientes? Conheça alguns passos essenciais!

11 minutos para ler

Para que uma empresa possa alcançar os resultados almejados, é essencial definir estratégias de Marketing eficazes, buscar por uma gestão financeira alinhada aos objetivos do negócio, além de trabalhar de forma contínua pela capacitação dos profissionais.

Para quem deseja entender como atrair novos clientes, esses pontos são fundamentais, mas não devem ser os únicos. Hoje, em um mercado tão competitivo, existe a necessidade de contar com um diferencial.

Dessa forma, seu público logo identificará quais são as vantagens de fechar negócio com a sua empresa, o que vai trazer mais oportunidades e contribuir para o Marketing boca a boca — quando os próprios clientes indicam seus produtos e serviços.

Pensando nisso, elaboramos este material para que você confira as principais dicas sobre o tema, além de verificar como a gestão financeira será uma aliada nesse sentido. Continue a leitura e saiba mais!

Como atrair novos clientes?

Inicialmente, vamos entender algumas dicas práticas de como atrair novos clientes para que seu negócio se destaque no mercado. Vamos lá?

Defina o perfil de seus clientes

O primeiro passo é definir o perfil de seus clientes. Por meio dessa estratégia, existe a possibilidade de entender quais são as principais dores de seu público e quais os canais que eles mais utilizam. É importante aperfeiçoar seus produtos e serviços de forma contínua, seja por meio do feebdack ou pesquisas de satisfação.

Para isso, o primeiro passo é analisar seus atuais clientes. Entenda quem são aquelas pessoas que você considera como o perfil ideal para o seu negócio, quais são seus objetivos ao procurar pela sua empresa e o que leva seus profissionais a considerarem que esse é o cliente ideal.

Busque responder algumas perguntas simples que possibilitarão um melhor entendimento sobre a sua empresa. Quer algumas exemplos? Veja só:

  • Por que essas pessoas compram pelos seus produtos e serviços?
  • Quais são os argumentos utilizados por ela para que possam usufruir do que a sua empresa oferece?
  • O que levou essas pessoas a optarem pela sua empresa em vez da concorrência?

A partir disso, há maiores chances de definir planos que sejam estratégicos e focados para a sua solução e para as dores de seu público.

Entenda a diferença entre público-alvo e persona

Por falar na definição do perfil de seus clientes, existe a necessidade de entendermos sobre a diferença existente entre público-alvo e persona. Ter a definição de ambos é importante para que as estratégias sejam voltadas especificamente ao que seus clientes anseiam, o que contribui para aumento de oportunidades e, consequentemente, mais negócios fechados.

Para que você fique ciente de qual é a diferença existente entre esses termos, veja um exemplo prático:

  • público-alvo: pequenos empresários entre 30 e 40 anos. Buscam por soluções que contribuam para a sua gestão, de modo que automatizem processos e tragam maior produtividade para toda a equipe;
  • persona: Carlos, 32 anos. Ocupa o cargo de diretoria de uma pequena empresa. Ao longo de sua gestão, observou que muitos trabalhos do negócio eram executados de forma manual, o que prejudica o fluxo de tarefas da empresa. Por essa razão, busca por ferramentas que possibilitem maior produtividade de toda a sua equipe, além de garantir um trabalho mais estratégico por parte dos profissionais. No entanto, sua maior dificuldade é implementar novas soluções no negócio, uma vez que há a necessidade de toda uma mudança cultural.

Percebeu a diferença? Enquanto o público-alvo é mais abrangente, a persona trata-se da representação semi-fictícia de seu cliente ideal, o que permite traçar estratégias voltadas de forma específica para os objetivos desses clientes, contribuindo para atrair novas pessoas ao seu negócio.

Busque por programas de fidelidade

O que é um programa de fidelidade e por que você deve se preocupar em oferecer esse diferencial em seu negócio? Trata-se de estratégias que oferecem benefícios exclusivos aos seus clientes.

Seja descontos ou a aquisição de um produto ou serviço devido à fidelização, você terá a oportunidade de recompensar compradores frequentes de sua empresa e fazer com que a pessoa se sinta valorizada no negócio.

Para que essa ação traga os efeitos desejados, o primeiro passo é decidir qual será o tipo de recompensa que seu negócio oferecerá. Exemplo: suponhamos que acabou de lançar um novo produto ou serviço no mercado. Existe a possibilidade, nesse caso, de trazer um desconto especial para que as pessoas conheçam essa nova oferta.

É preciso definir como os clientes acumularão pontos. Para que sejam estimulados a adquirir por pacotes mais completos de sua empresa, o indicado é que produtos mais caros ou serviços mais complexos ofereçam pontuações maiores, de modo que você valorize as principais vendas.

Entre as principais vantagens do programa de fidelidade, destacamos:

  • retenção e fidelização de clientes;
  • maior engajamento;
  • bom custo-benefício;
  • aumento do ticket médio.

Faça pesquisa de mercado

A pesquisa de mercado deve ser intimamente ligada às estratégias para que seu negócio conheça seus clientes e suas dores. Afinal, trata-se de um estudo que vai coletar dados para que a equipe possa entender quais são a intenção de compra dos usuários e outros detalhes sobre o seu nicho de atuação.

Vamos voltar ao exemplo do lançamento de produto. Como essa divulgação deve ser feita para o público? Quais canais utilizar? Qual é o tom de voz mais adequado para que as pessoas entendam que esse produto contribuirá de forma significativa para os seus objetivos?

Todas essas respostas virão por meio da pesquisa de mercado. Para que ela traga os resultados almejados, o primeiro passo é definir o objetivo. Além disso, tenha definições quantitativas alinhadas (quantas pessoas serão entrevistas, por exemplo) e estruture as principais perguntas a serem aplicadas.

Ao levantar os dados, analise as respostas, documente esse diagnóstico e defina os próximos passos, levando em consideração as informações obtidas. Dessa forma, há a possibilidade de traçar ações para atrair novos clientes com base em dados específicos de seu nicho de atuação.

Invista em redes sociais e Inbound Marketing

Não podemos traçar dicas sobre como atrair novos clientes sem deixar de lado as estratégias de redes sociais e de Inbound Marketing. A partir do momento que você entenda quem é o seu público, também terá informações suficientes sobre os principais canais utilizados por ele. Afinal, não basta apostar em todas as redes sociais existentes, é preciso focar naquelas de maior usabilidade pelos seus clientes.

É preciso que seu negócio foque na qualidade dos materiais em vez de quantidade. O ideal é que tenha uma frequência de postagens e que ela seja seguida de forma eficaz. Portanto, entenda quais são os principais objetivos de sua persona, os cuidados que ela tem ao buscar por produtos e soluções parecidos com os que você vende, além de preocupar-se em se diferenciar de seus concorrentes.

Nas redes escolhidas, não deixe de utilizar suas funcionalidades para aumentar o engajamento. Vamos utilizar o Instagram como exemplo: na ferramenta stories, há a possibilidade de criar enquetes e trazer um pouco mais sobre o dia a dia de seu negócio. No LinkedIn, há a oportunidade de publicar artigos mais técnicos, de modo que torne seu negócio autoridade no assunto.

Quanto ao Inbound Marketing, trace as principais palavras-chave relevantes sobre o seu nicho. Exemplo: uma empresa que oferece software de RH para seus clientes, ele deve ser encontrado por meio dessa palavra-chave, concorda?

Dessa forma, ao pesquisar por essas palavras nos canais de busca, o cliente facilmente encontrará pela página da sua empresa, contribuindo para que a sua marca seja reconhecida e que aumente as chances de fechar novos contratos.

Faça pesquisas de satisfação

Quem busca por estratégias de como atrair novos clientes, certamente precisa ficar por dentro dos diferenciais de contar com uma pesquisa de satisfação para o negócio. Por meio dessa estratégia, o negócio terá a oportunidade de:

  • entender sobre a experiência do cliente durante a jornada de compra;
  • obter insights a partir da experiência de seu público com a empresa;
  • implementar melhorias com base na percepção das pessoas;
  • direcionar melhores investimentos e custos empresariais;
  • melhorar e qualificar o atendimento prestado; entre outros.

Para aplicar uma pesquisa de satisfação, alguns passos importantes devem ser seguidos. O primeiro deles é buscar por um questionário objetivo. Caso ele seja grande, as perguntas devem ser sempre objetivas, de modo que estimule o público a respondê-lo.

Opte pelo método NPS — Net Promoter Score —, métrica criada para medir a satisfação do cliente. Em uma escala de 0 a 10, você terá a chance de identificar como a pessoa avalia diferentes serviços de seu negócio, o que contribui para entender quais são os principais tópicos que merecem atenção por parte da sua gestão.

Entenda a importância da gestão financeira para o seu negócio

De nada adianta adotar estratégias de como atrair novos clientes sem ficar por dentro das principais ações a serem adotadas para uma boa gestão financeira da empresa. A seguir, selecionamos os principais tópicos que reforçam essa importância.

Ter uma visão clara sobre o mapeamento de custos da empresa

Para manter a saúde financeira de seu negócio, é preciso ter um entendimento preciso de qual é a quantia que entra em caixa mensalmente, bem como os principais custos envolvidos. Dessa forma, há a possibilidade de separá-los em custos fixos e variáveis — como o próprio nome já diz, aqueles que se alteram ou não ao longo dos meses.

Nesse sentido, a equipe tem a oportunidade de entender quais desses gastos podem ser reduzidos ao longo das semanas e quais estratégias adotar para que os lucros sejam maiores.

Outro ponto importante do mapeamento de custos é a oportunidade de verificar quais são os gastos diretos e indiretos. Enquanto o primeiro tem relação próxima com a sua empresa (custos de profissionais, folha de pagamento, custos de estoque etc.), o segundo é mais difícil de ser identificado — quando não existem quantidades exatas para gastos com determinados produtos ou, ainda, quando é impossível mensurar gastos.

Entender quanto de dinheiro “novo” entra mensalmente

Ao traçar estratégias de como atrair novos clientes, certamente há a entrada de muito dinheiro “novo”, não é verdade?

Por essa razão, definindo ações de gestão financeira efetivas, consequentemente há a possibilidade de avaliar quais foram os novos contratos, como eles agregaram para as contas de seu negócio, além de fazer um comparativo de quais foram os melhores períodos de vendas de sua empresa.

Fluxo de caixa mais preciso

Entre os principais diferenciais de contar com um fluxo de caixa mais preciso, destacamos:

  • melhor previsão de custos da empresa;
  • alinhamento de pagamentos e processos;
  • acompanhamento da folha de pagamento;
  • maior precisão e acessibilidade quanto aos dados financeiros da empresa;
  • melhor controle de orçamento;
  • controle de estoque mais eficaz;
  • redução de riscos para o fechamento de caixa.

Realizar estratégias para períodos de poucas vendas

Ao contar com uma boa gestão financeira, você tem a oportunidade de verificar quais são os períodos de vendas mais atrativos para a sua empresa. Nesse cenário, há a possibilidade de traçar estratégias que contribuem para períodos com pouca movimentação, especialmente para atrair seus clientes e passar por épocas sazonais de maneira mais eficaz.

Assim, a empresa poderá planejar melhor seus investimentos e aprimorar o mix de produtos para épocas em que houver pouco movimento. Outro ponto importante é o de focar no relacionamento com os clientes, buscando trazer diferenciais para o seu atendimento e trazendo promoções com base nas necessidades do negócio e do próprio público.

Ter acesso aos principais indicadores da empresa

Uma boa gestão financeira contribui de forma direta para que a equipe tenha acesso aos principais indicadores da empresa e analise-os de forma contínua, como:

  • Retorno sobre Investimento — ROI;
  • margem bruta;
  • margem líquida;
  • ponto de equilíbrio;
  • margem de contribuição;
  • lucratividade;
  • cobertura de juros; entre outros.

Neste conteúdo, você pôde entender algumas dicas práticas de como atrair novos clientes e entendeu a importância da gestão financeira para uma empresa.

Buscar por um diferencial competitivo em seu negócio deve ser uma prioridade para se destacar no mercado e obter melhores resultados. Dessa forma, você terá maior lucratividade e conquistará um relacionamento próximo com os clientes.

Gostou do material? Se deseja ter acesso a mais dicas e novidades como essas, basta assinar nossa newsletter e receber os conteúdos diretamente em sua caixa de entrada!

Posts relacionados

Deixe um comentário